Project Description

Uma nova Licença na Faculdade de Teologia PUU

No dia 15 de maio de 2019, o Magnífico Reitor da Pontifícia Universidade Urbaniana recebeu uma carta de aprovação pela Congregação para a Educação Católica para instituir na Faculdade de Teologia uma nova Secção de Especialização chamada “Teologia pastoral e Mobilidade humana” para a obtenção do grau académico de Licença. Esta nova Seção de Especialização é o prosseguimento das atividades académicas realizadas até hoje pelo “Scalabrini International Migration Institute” (SIMI) que tem o status de Instituto Integrado na nossa Faculdade de Teologia há mais de 15 anos.

Esta aprovação é o resultado de um longo processo de elaboração derivado do debate entre a PUU e o SIMI para responder à instância de renovação e relance dos estudos eclesiásticos para “uma Igreja em saída missionária” solicitada pelo Santo Padre na Constituição Apostólica Veritatis Gaudium. O número 4 do Documento aponta ao fato de se rever “a arquitetónica e a dinâmica metódica dos currículos de estudos propostos” para torná-los mais produtivos na situação socio-económica global em curso e “chegar aonde são concebidas as novas histórias e paradigmas”.

Conforme com os princípios e os objectivos específicos da nossa Universidade, a nova Licença em “Teologia pastoral e Mobilidade humana” representa um contributo significativo no nível formativo, científico e pastoral para responder aos desafios do contexto histórico global em curso, em que a mobilidade humana, em forte aceleração, provoca a igreja para pensar em novas abordagens missionárias.

Para informações e inscrições:

Pontifícia Universidade Urbaniana
Tel. 06.6988.9611 – Fax 06.6988.1871
E-mail: segreteria@urbaniana.edu
Site: www.urbaniana.edu

Scalabrini International Migration Institute
Tel. +39 06 5809764
secretary@simieducation.org

Objetivos do curso

As migrações, fenómeno já estrutural e generalizado em todas as sociedades, constituem um dos grandes desafios para a missão da igreja no início do terceiro milénio. É um desafio que precisa de criatividade pastoral e que constitui um “apostolado de fronteira”, para entregar aos apóstolos da nova evangelização.

Licença

O objetivo do percurso académico para o conseguimento da Licença em Teologia pastoral e Mobilidade Humana é aquele de habilitar os estudantes à compreensão dos modelos interpretativos da ação pastoral e da mobilidade humana apresentados pelas ciências teológicas e humanas/sociais, construindo canais de comunicação entre diferentes disciplinas e formando pesquisadores e agentes capazes de dialogar, confrontar, projetar e transmitir. O percurso quer promover uma metodologia multi-inter-intradisciplinar, privilegiando a dimensão intercultural, fornecendo ao estudante as competências e as capacidades de compreensão e de estudo, de aplicação dos conhecimentos, da independência das opiniões e as competências de comunicação.

Pré-requisitos formativos

Os matriculados na turma, devem certificar um conhecimento satisfatório da Língua francesa, da Língua inglesa e da Língua alemã. Para todos aqueles que não podem certificar o conhecimento da Língua italiana, será obrigatório frequentar e passar os exames dos cursos de Língua italiana (Módulo P – 12 ECTS não calculados no percurso de formação) ministrados pelo Departamento de Línguas.

Admissão

As condições gerais de admissão são as seguintes:

  1. Nota de licenciatura de Bacharelato não inferior à qualificação cum laude.
  2. Para todos aqueles que frequentaram um seminário ou outra escola aprovada pelas autoridades eclesiásticas competentes, ter acabado seis anos de estudos filosóficos-teológicos com uma média das notas de 24/30 para as disciplinas teológicas.
  3. Além do conhecimento básico do grego bíblico, do latim e do hebraico, é necessário um conhecimento satisfatório da língua italiana e de outras duas língua modernas das quais uma deve ser inglês ou alemão e a outra francês, espanhol ou português.

É competência do Decano da Faculdade determinar eventuais casos onde não há todas as condições para ser admitidos; cursos ou exames, pedidos como complemento, não fornecem “créditos”.

Programação

Os cursos são geralmente semestrais, organizados em duas horas de aulas por semana; casos especiais de programação diferente podem ser avaliadas com o Decano.

Existem 3 tipologias de cursos:

  1. cursos comuns a todas seções de especialização;
  2. cursos próprios e seminários de cada especialização;
  3. cursos auxiliares.

O plano de estudos de cada estudante deve incluir: 5 cursos comuns, 16 cursos próprios, 3 seminários do curso de especialização escolhido.

O total de 120 ECTS necessários para obter o título de Licença, são distribuídos como segue:

  • 72 ECTS para cursos e seminários;
  • 30 ECTS para o trabalho escrito;
  • 18 ECTS para exame compreensivo.

Para os estudantes inscritos no curso de especialização em Teologia pastoral e Mobilidade Humana, os 16 cursos próprios devem ser distribuídos entre: 8 cursos obrigatórios para todos e 8 cursos optativos para cada orientação.

No no início do ano académico cada estudante, após de ter consultado o professor de contato para curso de especialização escolhido e com a aprovação do Decano da Faculdade, tem de apresentar o seu plano de estudos relativo à totalidade do ano (I e II semestre). O plano de estudos para o primeiro ano não pode incluir mais de 60 ECTS.

Exames

Frequentar os cursos é uma condição imprescindível para obter os créditos necessários para o cumprimento do biénio de especialização.

Ao final de cada curso semestral os estudantes devem passar, para todas as disciplinas, o exame oral e escrito com o qual os professores avaliam a preparação específica e global dos candidatos.

Para alcançar o grau académico de Licença, os candidatos devem escrever uma tese (de 50 até 100 páginas datilografadas).

O objetivo do ciclo de doutoramento é aquele de encaminhar os estudantes para atingir uma plena maturidade científica que os torne capazes de investigar o âmbito teológico e habilitados ao ensino da Teologia.

A duração do ciclo é pelo menos dois anos dedicados sobretudo à preparação e à redação da tese, que deve ser uma válida contribuição para a investigação científica no âmbito teológico, e para iniciar, sob a orientação do orientador, algumas experiências de ensino.

Além dos cursos e seminários, o estudante deve manter um diálogo estreito e particular com o orientador e os correlatores da sua tese de doutoramento.

Admissão

As condições gerais de admissão são as seguintes:

  1. ter o título de Licença com a qualificação magna cum laude, obtido numa Faculdade teológica;
  2. conhecer as línguas clássicas e três línguas modernas além da língua materna.

É competência do Decano da Faculdade determinar os casos que não sejam abrangidos por estas normas gerais.

Programação

No momento da inscrição ao terceiro ciclo, o estudante deve ter uma ideia geral sobre a sua tese de doutoramento. Depois da elaboração do status quaestionis da tese, sob a orientação do orientador e com a sua aprovação, o estudante tem de apresentar o projeto na Secretaria, dentro dos prazos fixados pelo calendário académico, à espera de aprovação pelo Conselho de Faculdade e confirmação ou designação dos correlatores. O assunto da tese aprovado, é válido por um prazo de 7 anos. Concluído esse tempo, o estudante deverá apresentar um novo projeto.

De acordo com o orientador, com os correlatores e com a aprovação do Decano, o estudante tem de preencher e frequentar no mesmo biénio um plano de estudos que inclua pelo menos 9 ECTS escolhendo 3 entre os cursos e os seminários previstos no programa da Licença.

Os estudantes que escolhem a seção de Teologia Bíblica, têm de integrar o plano de estudos estabelecido acrescentando o mesmo com dois cursos de “Leitura cursiva dos textos bíblicos”. O curso de Metodologia Bíblica (TPB 2001), se for pedido pelo estudante para o seu percurso pessoal, não será adicionado no cálculo dos créditos necessários para o conseguimento do grau académico.

O total mínimo de 108 ECTS necessários para o conseguimento do Doutoramento são distribuídos como segue:

  • 9 ECTS para cursos e seminários;
  • 70 ECTS para o trabalho escrito;
  • 29 ECTS para a defesa pública da tese.

Dissertação e Grau Académico

A condição para poder discutir a tese é de ter passado em todos os exames do plano de estudos apresentado e de ter obtido, com formulário fornecido pela Secretaria, a autorização do orientador e dos dois correlatores do texto escrito.

A tese de doutoramento, de não menos de 150 páginas datilografadas e que represente uma real e original contribuição para o progresso da investigação científica, deve ser discutida publicamente perante o orientador e os correlatores os quais podem efetuar perguntas indicadoras da plena maturidade do candidato.

O doutoramento em Teologia bíblica, Teologia dogmática, Teologia moral ou Teologia pastoral e Mobilidade Humana, é emitido depois da publicação pelo estudante, na totalidade ou em parte (com a autorização do orientador e dos correlatores e seguindo as indicações da assembleia deliberadora) da tese e depois de ter entregado as cópias para a Secretaria.

A nota total do Doutoramento é assim calculada:

  • 25% correspondente à média das notas dos cursos ad lauream;
  • 50% correspondente à avaliação da tese escrita;
  • 25% correspondente à avaliação da defesa da tese oral.

Plano de Estudos 2019 / 2020

Primeiro semestre Segundo semestre

TLC 1005 Jesus Cristo único salvador e as religiões. A teologia e o magistério

TLC 1036 Casamento entre natureza e cultura

TLC 1010 Moral e evangelização

TLC 1053 O  Antigo Testamento no Evangelho de João

TLC1052 Terra de Israel, elemento constitutivo da sua eleição

TLC 1054 A história da salvação. Retomar o tema da salvação como desejo de Deus

TLC 1055  Os novos desafios da pastoral paroquial

TLC 1056 Lineamentos de teologia da  mobilidade humana

TLC 1057 A pastoral e a  comunicação social

TLP 1003 Metodologia  na investigação e na  ação pastoral

TLP 1002  Pastoral Fundamental 1:  história, percursos, contextos

TLP 1013  Temas de  Teologia bíblica na  visão pastoral

TLP 1012 Elementos de antropologia  cristã para a acção eclesiástica

TLP 1004  Ministerialidade e discernimento numa Igreja sinodal

TLP 1005  Pastoral da saúde

TLP 1007  Inculturação litúrgica

TLP 1006  Dimensão pessoal e territorial da mobilidade humana

TLP 1009  Fundamentos bíblicos da pastoral da mobilidade humana

TLP 1008 O  fenómeno  da mobilidade humana

TLP 1010  Organização da Igreja para a missão entre os migrantes e os refugiados

TLP 1011  Migração e comunicação : instrumentos e melhores práticas

TLP 3000 Projetar a pastoral

TLP 3001  Temas de ecologia na  visão pastoral

TLP 3002  Para uma cultura de paz e de reconciliação

Scarica qui una versione PDF del Programma di studi 2019-2020

DOCENTI

ALDO SKODA, CSProf.
Professore di Teologia Pastorale e Mobilità Umana
GIOACCHINO CAMPESE, CSProf.
Professore di Teologia della Mobilità Umana
LUIGI SABBARESE, CSProf.
Professore di Diritto Canonico